Tipos de algodão conheça os benefícios para suas noites

Tipos de algodão: conheça os benefícios para suas noites

Decoração

Quase sempre, quando deitamos em um cama confortável, não nos damos conta de toda a indústria responsável pela fabricação de cada têxtil utilizado dentro do quarto. Na verdade, conhecendo um pouco mais sobre cada fibra, é possível tomar escolhas acertadas e encontrar a opção ideal. Por conta disso, vamos te contar um pouco sobre os diferenciais entre os tipos de algodão disponíveis no mercado.

Suave e extremamente macio, o algodão é uma peça-chave para noites de sono agradáveis. Porém, você provavelmente já deve ter se perguntado sobre as diferenças do tipo egípcio para o comum, não é mesmo? Além disso, também deve ter se questionado sobre a existência de outras variedades do produto. Descubra agora tudo sobre essa fibra e aprenda a encontrar a peça perfeita para seu descanso:

Por que usar o algodão?

Antes de entender as diferenças e vantagens dos tipos de algodão, é importante dar um passo atrás e conhecer os benefícios dessa fibra de modo geral. De origem vegetal, é uma das matérias-primas mais usadas na indústria têxtil, transitando do guarda-roupa à roupa de cama com facilidade.

Além do toque macio e confortável, o algodão tem uma propriedade muito interessante: sua respirabilidade. Isso significa que tecidos confeccionados com a fibra não acumulam o calor, tornando suas noites mais fresquinhas e aconchegantes.

Quando a matéria-prima é utilizada em 100% do produto, melhor ainda. Nesses casos, sua conservação se torna fácil (é só colocar na máquina de lavar!) e a resistência é verdadeira garantia. Dessa forma, peças do tipo duram por mais tempo e te acompanham por muitos anos. Agora, o que acha de conhecer as características dos diferentes tipos de algodão e escolher seu favorito para sua roupa de cama? Veja abaixo:

Upland

Essa variedade, também conhecida como anual, é originada do México e permanece como o tipo de algodão mais utilizado na indústria têxtil atualmente. Sendo assim, é plantado em dezenas de países ao redor do mundo, assim como o Brasil. Extremamente versátil, seu uso contempla tanto a confecção de artigos de cama, mesa e banho, quanto vestuários. Entretanto, seu cultivo não é muito complexo e sua fibra é menos longa do que as opções que falaremos a seguir.

[spl_news]

Algodão egípcio

Referência em luxo e nobreza, o algodão egípcio possui uma ótima reputação por todo o mundo. A fibra é extra-longa e com uma intensa tonalidade branca. Seu cultivo é beneficiado por conta das características geográficas e climáticas do Egito. O solo úmido próximo ao Rio Nilo, o pouco volume de chuvas e sol intenso resultam em uma qualidade de plantio verdadeiramente inigualável.

Como se não fosse o bastante, essa matéria-prima é colhida a mão, tornando o produto brilhante, leve e muito resistente. Dessa forma, se tornou conhecido por proporcionar extremo conforto, sendo destinado à confecção de vestuários e roupas de cama de altíssimo valor agregado. Para conhecer outros benefícios da fibra, confira nosso post sobre o assunto.

Pima

Assim como o egípcio, as fibras que provêm desse tipo de algodão são extra-longas. Essa matéria-prima, cultivada nos Estados Unidos, Peru e Austrália, é facilmente reconhecida por sua coloração creme. Resulta em tecidos nobres e de maior resistência. Por conta disso, é amplamente utilizado na alta-costura.

Agora que você conheceu as diferenças entre alguns tipos de algodão, o que acha de procurar uma nova roupa de cama confeccionada com essa fibra para transformar seu quarto? Dessa maneira, uma noite de sono de excelência é garantida!

Rafael Américo
Rafael Américo
Jornalista, tem sete anos de experiência com produção de conteúdo em diferentes segmentos, como turismo e empreendedorismo. Especializado em economia, se encontrou ao escrever sobre decoração, sua verdadeira vocação. Ama cinema, aprender idiomas e conhecer novas estratégias de comunicação. Atualmente, integra o time de content da mmartan.